Lágrima marrom

Mancha escura embaixo dos olhos - Lágrima marrom  - Porque ela aparece e como tratá-la

Lágrima Marrom

 

Lágrima Marrom 

 

A lágrima tem a importante função de proteger os olhos. Ela lubrifica a superfície ocular, impede a entrada de micro organismos e até mesmo ciscos e pelos.

 

Os dutos nasolacrimais dos cães são pequenos canais que permitem que a lágrima seja drenada do olho para o nariz (em algumas raças para a boca), evitando o lacrimejamento excessivo. A drenagem adequada da lágrima é essencial para manter os olhos saudáveis e o nariz úmido.

 

 



 

Sempre que a lágrima escorre por fora do  canal lacrimal, pelo focinho, há umidade na  região abaixo dos olhos e uma mancha  marrom, a qual, em animais de pelagem  clara deixa bem evidente uma  pigmentação castanha, nada estética, porém praticamente inofensiva.

 



Essa umidade na região abaixo dos olhos facilita a proliferação de bactérias (não patógenas) capazes de produzir secreção de cor escura e mal cheirosa.

 

Ao contrário do que dizem a lágrima não é acida. Ela tem PH neutro e adequado para sua localização ocular, mas um dos seus componentes é a lactoferrina que, quando acumulada, pode levar a uma coloração escura.

 

Portanto a “lágrima marrom” (cromodacriorreia) é originada pela formação de pigmento escuro devido a ação desses 2 mecanismos (bactérias e lactoferrina).

 

O tratamento consiste em eliminar a causa do lacrimejamento excessivo que pode ocorrer devido a uma Conjuntivite alérgica ou infecciosa ou pode ser de origem genética como uma má formação das pálpebras (que se voltam para dentro) ou ainda da glândula lacrimal ou duto nasolacrimal que estão obstruídos. O melhor é consultar o veterinário.

 

Dentre as raças de cães que normalmente apresentam esse problema estão o Poodle, Maltês, Bichon Frisé, Westie, Yorkshire e as que têm focinho achatado como o Pug, Boxer, Bulldog Inglês e Frances, Shit tzu, Sharpei e Lhasa Apso.

 

No caso dos cães braquicefálicos (de focinho achatado), o derramamento das lágrimas tem a ver com a anatomia da face. Como o globo ocular é mais saltado, isso acaba comprometendo a drenagem da lágrima, que não ocorre de forma suficiente e acaba derramando lágrima para fora dos olhos. É como quando você chora e seu ducto lacrimal não consegue absorver tudo, então sua lágrima escorre em direção ao nariz.
  
 Nas raças como Poodle, Maltês, etc, normalmente as manchas acontecem porque eles tem muito pelo ao redor dos olhos e isso acaba irritando a região e aumentanto a produção de lágrima. Manter essa região sempre aparada e verificando se não tem pelos entrando constantemente nos olhos do cão é uma boa saída


Como evitar?

 

É importante manter a região sempre seca. Use uma gaze para limpar com soro fisiológico e em seguida uma gaze seca para deixar o mais seco possível. Se der, faça isso duas vezes ao dia.

Nos casos das manchas já existirem proceda dessa maneira que conforme os pelos crescem os novos ficarão branquinhos e aos poucos a coloração escura desaparecerá.

 

Copyright Cristina Agostini - 2012
Este texto é protegido pela lei de direitos autorais.
É permitida a sua reprodução sem alterações,
incluindo o meu nome e o link da Dogsnet.

Cristina Agostini - Adestradora
Dogsnet – Produtos legais prá cachorro!
www.dogsnet.com.br

 

Mais Matérias

Conheça nosso
canal no Youtube!

Curtiu? Veja mais:
Adestramento e Comportamento

Divertidos e Curiosidades

Amar é cuidar bem!



Receba dicas no seu e-mail para cuidar ainda melhor do seu amigo.