Dicas - Como Controlar Latidos

Como ensinar seu cachorro a parar de latir

Dicas-como controlar latidos

 

Como controlar latidos

 

Quando tentamos modificar um comportamento canino devemos sempre nos lembrar que o mais importante é sermos o mais claro possíveis ao comunicar para o cachorro qual comportamento desejamos que ele tenha e qual não desejamos – ele precisa entender o que nós queremos.

 

Reforço Positivo

 

- Ensinar os comandos “Quieto” e “Fale”

 

  1. escolha uma só palavra para o comando de latir, exp.: fale, late, converse e outra para o comando de ficar quieto, exp.: quieto, basta, stop, chega, cala a boca.

  2. seja consistente, use sempre as mesmas palavras para poder condicionar a atitude desejada a palavra que determina a ação

  3. quando seu cachorro estiver latindo, procure chamar a atenção dele assobiando, batendo palmas ou qualquer outro som

  4. assim que parar de latir, fale a palavra escolhida num tom firme e dê um petisco

  5. pratique este comando muitas vezes. Você pode fazê-lo todas as vezes que ele latir, mas as sessões devem ser curtas.

  6. quando perceber que seu cachorro entendeu o “quieto” pode passar para o “Fale”

  7. crie uma situação na qual seu cão possa latir. Quando seu cão estiver latindo diga “Fale” num tom firme e dê um petisco

  8. repita este exercício até notar que o cachorro entendeu

  9. depois que o peludo tiver aprendido separadamente o “quieto” e o “fale” você poderá usá-los juntos. Faça-o “Falar” algumas vezes e depois mande-o ficar “Quieto”.

Observações:

- você só tem 4 segundos para recompensar o cão com petisco (ou carinho ou brinquedo)

- tem gente que prefere ensinar “Fale” antes de “Quieto” e outras ensinam os 2 comandos simultaneamente. Tanto faz, o importante é que você seja paciente, persistente e consistente.

- alguns cães demoram semanas para aprender, outros em poucos dias.

 

Situações e Soluções

 

- o telefone toca

  • ligue do seu celular para o telefone de casa. Quando tocar fique sentado ao lado sem falar nem se mexer. Repita esse processo por alguns dias, seu cachorro continuará a latir por uns tempos, mas acabará desistindo.

  • outra maneira é utilizar o comando “Quieto”

 

- quando chega em casa

  • ao chegar em casa não dê atenção ao seu peludo. Eu sei que é difícil, mas faça, pois a recompensa é grande para você e para seu amigão. Entre e não olhe, nem fale com ele, faça o que faria se ele não existisse. Quando o seu cão estiver mais calmo, daí poderá dar atenção.

 

- portão/janela/terraço

  • coloque alguma barreira visual, como uma madeira, cortinas, etc.., entre o bichão e a rua de modo que ele não perceba a aproximação de estranhos. Quando seu cachorro late para estranhos nessa situação, sente-se recompensado, pois os invasores vão embora. Imagine, por exemplo, o carteiro que todos os dias se aproxima do portão para colocar a correspondência na “caixinha” e vai embora. O seu amigão se desdobrou em quatro, latindo, correndo, girando em círculos e conseguiu expulsar o elemento – “ufa!, fui bom mesmo, estou cada vez melhor em defender meu espaço”

 

- a campainha / interfone toca

  • peça para uma pessoa ajudá-lo nessa missão. Durante alguns dias esta pessoa deverá tocar a campainha/interfone mais de uma vez por dia e não entrar ou subir. Após certo tempo seu peludo irá perceber que nada acontece, nem aparece após este som. Desta maneira perderá o condicionamento anterior

 

- solidão

  • não deixe seu amigão mais de 5 horas sozinho

  • se trabalha fora o dia inteiro, coloque-o num “day care” ou contrate um dog sitter ou um passeador

  • deixe pelo menos 10 brinquedos para ele se distrair

  • uma ótima opção é arrumar outro peludo para fazer-lhe companhia 


Cães são animais sociais e não nasceram para viver sozinhos, pelo contrário, o que eles mais querem é ver sua matilha reunida.

 

Os passeios e exercícios são muito importantes para deixá-los tranqüilos o dia inteiro, assim como os brinquedos que são destruídos e aliviam a tensão.

 

Lembre-se 

 

CACHORRO CANSADO É FELIZ

 

Veja também:

 

 

Copyright Cristina Agostini - 2009
Este texto é protegido pela lei de direitos autorais.
É permitida a sua reprodução sem alterações,
desde que incluídos os créditos a seguir:

Cristina Agostini - Adestradora
Dogsnet - Pet shop especializada em brinquedos para cachorro
www.dogsnet.com.br

 

Mais Matérias

Conheça nosso
canal no Youtube!

Curtiu? Veja mais:
Adestramento e Comportamento

Divertidos e Curiosidades

Amar é cuidar bem!



Receba dicas no seu e-mail para cuidar ainda melhor do seu amigo.